Análise do futuro: O que o RH pode esperar do Data Driven

Recrutar e contratar colaboradores com o perfil correto é uma das funções mais importantes de uma empresa e de seu Departamento de Recursos Humanos.

Seja por expansão ou rotatividade, um aumento repentino no número de vagas em aberto pode levar os gestores de RH a agirem às pressas e não serem tão assertivos na hora da contratação. Quando tomamos decisões sob pressão, geralmente escolhemos a opção mais fácil e rápida às custas da melhor alternativa. Temos a tendência de seguir pelo caminho já conhecido, com escolhas mais intuitivas, o que muitas vezes vai na contramão da inovação e das estratégias baseadas em dados e análises mais elaboradas.

Ocupar uma vaga com uma pessoa que “pode fazer o trabalho”, sem considerar a aderência do perfil do candidato com a cultura e valores da empresa, tem mais chances de resultar em decepção para ambas as partes do que ser uma solução efetiva. Os processos de seleção de talentos não orientados a dados resultam apenas em funcionários que atendem as expectativas do gerente de contratação. O que dificilmente trará um resultado satisfatório a longo prazo.

Para os gestores de RH que trabalham com recrutamento e seleção (e que empregam grandes números de colaboradores) o desafio de manter a qualidade da contratação usando apenas abordagens tradicionais, baseadas muitas vezes em intuição, é imenso. A complexidade do processo de terceirização geralmente impede que eles se concentrem em iniciativas estratégicas de aquisição de talentos, tendo que focar boa parte do seu tempo em questões burocráticas e repetitivas.

Além disso, os processos de seleção de talentos não orientados a dados resultam apenas em funcionários que atendem ou superam as expectativas do gerente de contratação na metade do tempo. Estes dificilmente são os resultados que a maioria das empresas está procurando.

Análises avançadas

A aplicação de análises avançadas às decisões de gerenciamento de RH resolve o problema da “adivinhação” usando milhares de pontos de dados, reunidos por meio de avaliações estatisticamente preditivas, para determinar se o candidato é ou não adequado para uma empresa.

Quando a gestão data driven é usada para avaliar talentos, o local de trabalho se torna mais eficiente.

A satisfação do cliente é um indicador importante da probabilidade de o consumidor recomprar um produto ou serviço, permanecendo leal a uma empresa. Por meio da análise de dados, as empresas escolherão colaboradores mais engajados, gerando resultados positivos nas relações com os clientes, o que impactará toda a estratégia de negócios.

A aplicação de análises de dados ajuda os empregadores a descobrir o que faz um funcionário prosperar em uma função e a identificar candidatos com base em critérios específicos (até aspectos muito humanos do trabalho, como persuasão e construção de relacionamentos).

Contar com dados para otimizar o processo de contratação e força de trabalho faz todo o sentido para os líderes empresariais que operam em um mundo tecnologicamente avançado e orientado à resultados. Isso não significa necessariamente que não há espaço para o elemento humano na contratação. Significa apenas que agora os líderes poderão alocar melhor seu tempo e recursos, focando em tarefas mais estratégicas e em linha com os planos de negócio da empresa.

Os algoritmos usados ​​na análise de dados têm como objetivo minimizar o trabalho burocrático e repetitivo. E quando se trata de contratação em grande escala, há poucos lugares nos quais isso é mais apreciado. A utilização do Machine Learning garante melhores resultados nos negócios ao auxiliar no mapeamento dos candidatos mais qualificados em escala, com maior probabilidade de retenção no cargo e que residam nas proximidades do trabalho, dado capaz de aumentar a produtividade.

A plataforma desenvolvida pela LEVEE foca justamente, na melhoria de produtividade, baseada em Machine Learning e é especializada em mão de obra operacional em grandes volumes.

Por meio de algoritmos, é possível detectar os candidatos mais qualificados em escala ainda na fase pré-admissional e selecionar aqueles com maior potencial de produtividade, reduzindo custos e o período de tempo despendido com contratação e ações relacionadas.

A contratação de tecnologia tende a causar impacto positivo junto às grandes corporações, reduzindo o absenteísmo e a rotatividade, além do ganho de produtividade operacional.

Por meio de plataformas como a da LEVEE, os gestores podem ter acesso até mesmo a parâmetros subjetivos, capazes de mensurar de forma individualizada os níveis de satisfação com o trabalho.

MELHORE A PRODUTIVIDADE. CONTRATE. RETENHA. SIMPLIFIQUE.

Referência: Artigo “What are the Benefits of Using Data Analytics in Talent Acquisition?” publicado originalmente no FurstPerson.

 

Leave a Reply